Paulinho Moska apresenta show “os violões fênix do museu nacional” em fortaleza

Paulinho Moska retorna a Fortaleza para um show que traz, em sua essência, fragmentos da história do Brasil. No dia 10 de setembro (domingo), às 19h, no Teatro Riomar Fortaleza, o músico, que completa 30 anos de carreira em 2023, sobe ao palco para tocar suas canções e seus sucessos acompanhado de dois “Violões Fênix”, instrumentos produzidos com madeira de rescaldo do Museu Nacional, que passou por um incêndio em 2018. Os ingressos já estão à venda e podem ser adquiridos pelo site Uhuu ou na bilheteria do teatro, no valor entre R$ 84 e R$ 168.

 

A relação entre o artista e os violões iniciou através do bombeiro Davi Lopes, que atuou no apagamento ao fogo do museu, e teve a ideia de dar um novo propósito aos rescaldos do incêndio. Davi é um luthier, um artesão de instrumentos musicais, e junto de jornalistas, produtores e artistas, entre eles Paulinho Moska, criou o “Fênix”, um grupo que trabalhou para que o projeto de dar uma nova vida a essas madeiras se tornasse realidade. O trabalho originou o documentário “Fênix: o vôo de Davi” veiculado na GloboNews, atualmente disponível na GloboPlay e ganhador de diversos prêmios nacionais e internacionais. A canção “Tudo Novo de Novo”, de Moska, foi escolhida como tema principal do filme.

 

O show “Paulinho Moska: Os Violões Fênix do Museu Nacional” inicia com a exibição dos primeiros minutos do documentário e segue com um repertório composto por grandes sucessos da carreira do artista, como “Tudo Novo de Novo”, “A Seta e o Alvo”, “Pensando em Você”, “A Idade do Céu”, “Lágrimas de Diamantes”, “Último Dia”, “Muito Pouco”, além de uma música inédita do mestre Pixinguinha que ganhou letra escrita recentemente por Moska: “A Dor Traz o Presente” (Pixinguinha/Moska).

 

A apresentação é uma celebração da terceira vida dessas madeiras, que um dia foram árvores, depois viraram objetos de uma casa incendiada e agora são instrumentos de música e poesia. São usados microfones de alta qualidade para a captação de um som de mais de duzentos anos. “Uma grande metáfora da vida, que precisa ser transformada e renovada em seu sentido”, reflete Paulinho Moska.

 

Os Violões Fênix do Museu Nacional

 

No dia 2 de setembro de 2018, o Brasil assistiu ao vivo pela televisão as imagens do incêndio da sede do Museu Nacional, no Rio de Janeiro, que destruiu quase a totalidade do acervo histórico e científico construído ao longo de duzentos anos. Bombeiros de doze quartéis combateram as chamas e, um desses bombeiros, era o subtenente Davi Lopes, que também é um luthier, um artesão de instrumentos musicais, e sua especialidade é o violão. Davi aproveita madeiras de rescaldo dos incêndios que ele apaga para construir seus violões.

 

Com o fogo do museu, o bombeiro teve a ideia de se juntar a um grupo de jornalistas, artistas e produtores, que se auto intitularam “Fênix”, e que durante dois anos trabalharam para conseguir as autorizações necessárias e cumprir todas burocracias com o objetivo de realizar o lindo e metafórico sonho de Davi. O projeto deu origem ao documentário “Fênix, o Voo de Davi”, produzido e exibido pela GloboNews e atualmente pela Globoplay por streaming. O documentário tem roteiro de Vinícius Dônola e direção de João Marcos Rocha e Roberta Salomone.

 

O cantor e compositor Paulinho Moska é um dos sete integrantes do grupo Fênix e sua canção “Tudo Novo de Novo” virou tema principal do filme. Moska também participa do documentário ao lado dos músicos Gilberto Gil, Paulinho da Viola, Hamilton de Holanda, Nilze Carvalho e Felipe Prazeres. Os seis instrumentos produzidos pertencem ao museu, mas Moska é “padrinho” de dois deles e já fez uma turnê por Portugal em abril e maio de 2022 com sete concertos feitos exclusivamente com os dois violões Fênix.

 

Serviço:

Paulinho Moska: Os Violões Fênix do Museu Nacional

Data: 10 de setembro (domingo)

Horário: 19h

Local: Teatro RioMar Fortaleza (Rua Desembargador Lauro Nogueira, 1500 – Papicu, Fortaleza)

Classificação etária:  Livre | Duração: 90 minutos

Ingressos: R$ 84 (meia) e R$ 168 (inteira)

Vendas: Uhuu ou na Bilheteria do Teatro RioMar Fortaleza. Horário de funcionamento: terça-feira a sábado das 14h às 20h, exceto domingo e feriados

1 COMMENTS

  1. Melhor aplicativo de controle parental para proteger seus filhos – Monitorar secretamente secreto GPS, SMS, chamadas, WhatsApp, Facebook, localização. Você pode monitorar remotamente as atividades do telefone móvel após o download e instalar o apk no telefone de destino.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Artigos relacionados