Com a participação de mais de mil artesãos de todo o País, a 4ª edição da Fenacce promove palestras, oficinas e shows gratuitos

A 4ª edição da Fenacce, Feira Nacional de Artesanato e Cultura, começa nesta sexta-feira (16), a partir das 17h, trazendo ao Centro de Eventos do Ceará uma média de 1.000 artesãos, representando as cinco regiões do País, distribuídos em 288 estandes. A feira segue até o dia 25 de setembro e conta com entrada solidária, incentivando a doação de 2 kg de alimentos, para acesso ao pavilhão dos expositores de 15h às 21h, de segunda a sexta-feira, e das 10h às 21h, aos finais de semana. Os alimentos arrecadados serão destinados aos programas Mesa Brasil Sesc e Mais Nutrição do Governo do Estado.

Ao longo de dez dias de geração de negócios, tendo o artesanato como ponto central, a Feira também apresenta ao público uma programação diversificada com oficinas, palestras, atrações culturais, shows e gastronomia. Um dos destaques é o show do cantor Gabriel Sater, que interpreta o Trindade na novela Pantanal. A apresentação acontece no domingo, dia 18/09, às 20h. A entrada segue a mesma orientação da Feira, 2 kg de alimentos, com acesso limitado à capacidade do local.

O público vai encontrar o melhor do artesanato de todas as partes do País com peças únicas como as dos artesãos do Tocantins, que utilizam o capim dourado como matéria-prima; as pinturas em madeira do Acre; as biojóias do Mato Grosso do Sul; as Pêssankas de Santa Catarina; entre tantas outras técnicas presentes em cada estado brasileiro. Para valorizar a memória e tradição do povo cearense, o evento conta ainda com uma Ala dos Mestres, com trabalhos de 21 mestres da cultura do Ceará.

Para incentivar os artesãos no desenvolvimento de seus produtos e negócios, durante a Fenacce, serão realizadas mais de 50 oficinas e palestras gratuitas pensadas para qualificar os empreendedores que atuam na cadeia da economia criativa. Na abertura, dia 16/09, acontece às 18h a palestra “Como Transformar Artesanato em Negócio” com o instrutor do Senac Ceará, David Tahim. Entre as demais temáticas a serem abordadas estão Ecommerce, Vendas no Instagram, Fotografia de Produtos e diferentes Técnicas de Artesanato (Renda de Bilro, Couro, Marcenaria, etc), tanto do Ceará como de outros estados.

Também são destaques na programação da Fenacce as participações dos renomados designers, Pedro Franco e José Argotty, que irão falar sobre suas experiências no desenvolvimento de projetos que unem Design e Artesanato, estimulando os artesãos na busca por inovação e sustentabilidade em seus negócios.

De acordo com Stella Pavan, organizadora da Fenacce e presidente do Sindieventos CE, o evento teve um investimento de mais de R$3 milhões e vai gerar cerca de 2.500 postos de trabalhos temporários de forma direta ou indireta. “A expectativa é de movimentar mais de R$15 milhões e receber mais de 50 mil visitantes em 10 dias de Feira, que já faz parte do calendário nacional, sendo reconhecida pelo PAB, Sebrae e ApexBrasil, por meio de incentivos e da Rodada Internacional de Artesanato. Além disso, a Fenacce gera um forte impacto na economia em setores como turismo, gerando fluxo em hotéis, transportes, restaurantes e lazer. Uma grande oportunidade de aquecer o mercado depois de 2 anos de pandemia”, afirma.

Realizada pela A&M Promoções e Eventos em parceria com o Sindieventos CE, a Feira é promovida com o apoio do Governo do Estado do Ceará,  por meio da Secretaria de Assistência Secretaria da Proteção Social, Justiça, Cidadania, Mulheres e Direitos Humanos (SPS) e da CeArt; do Sebrae; do Sistema Fecomércio Ceará, por meio do Sesc e do Senac; da ApexBrasil; do PAB-Programa do Artesanato Brasileiro; da Prefeitura de Fortaleza; e do Sesi Ceará.

4 COMMENTS

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Artigos relacionados