IV Festival Noites Brasileiras celebra o encontro artístico entre o Ceará e o Maranhão

O Noites Brasileiras é um festival artístico-cultural das representações dos diferentes lugares do nosso país. A cada edição, o evento convida dois estados do Brasil: Ceará e Maranhão se encontram nos dias 24 e 25 de junho, na Praça Verde do Centro Dragão do Mar. O evento promove troca, a valorização e disseminação do regional, estimulando a difusão cultural nos equipamento públicos, através de uma programação de shows, performances e feira de economia criativa.

Segundo o ator e produtor cultural William Mendonça, idealizador e curador do projeto: “O Noites Brasileiras vai além de ser um festival, é um encontro poético entre o Ceará e Maranhão, uma aproximação de povos e territórios, no qual fundimos um discurso político e social, uma oportunidade da cidade conhecer os artistas maranhenses e de se reconhecer também como talento, cultura, arte e afetos. O evento é uma retomada necessária para a economia criativa, fizemos com muita cautela, sabemos que o setor cultural envolve várias pessoas e setores, é importante entender que a cultura é um direito, um fator importante para o crescimento da cidade, esse festival traz o desenvolvimento de vários setores, turístico, gastronomia, dentre outros, e sobretudo a cultura é essencial para a vida”.

No primeiro dia, a abertura foi no Teatro Dragão do Mar, com solenidade seguida de Zabumba”, espetáculo da cearense Andréia Pires que narrou a história de uma família de agricultores que viaja em um pau-de-arara por diversos estados do Nordeste, embalada por seus ritmos.

Na sequência, começou a programação na Praça Verde: a DJ Luh del Fuego, do Maranhão, dá as boas-vindas com a fusão sonora entre a tradição e as novas pesquisas eletrônicas. O evento contínua com shows de três representantes femininas do Ceará, Maria Antônia, Bruna Ene e Nayra Costa, de origens, influências e trabalhos artísticos distintos, ressaltando o ‘DNA’ do festival que prima pela igualdade e equidade de gênero.

Em seguida tivemos a tradição da dança, do canto e da percussão do Tambor de Crioula das Marias da Casa de Mestre Felipe, com integrantes do Ceará e do Maranhão.

E fechando a noite em homenagem ao Maranhão, tivemos a apresentação show de Zeca Baleiro. São 25 anos de carreira, sua obra resulta de uma fusão de ritmos e referências, das tradições nordestinas ao rock. Em turnê nacional trouxe o show intimista “José”, cheio de hits regionais, fechando lindamente a primeira noite.

2 COMMENTS

  1. Hi! Do you know if they make any plugins
    to assist with Search Engine Optimization? I’m trying to get my blog to rank for some targeted
    keywords but I’m not seeing very good success.
    If you know of any please share. Many thanks! I saw similar art here: List of Backlinks

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Artigos relacionados